Brincando de esconde-esconde no meio das ruínas

 

images

O sistema de financiamento dos partidos políticos se desmanchou e ninguém sabe o que virá por aí mas também há boas chances de que nada mude e isso é uma merda. O PT paga um preço alto por participar da disputa pelo poder mesmo sabendo que o jogo era viciado. Agora o capataz da Casa Grande sabe para quem apontar o dedo e faz isso criteriosamente dizendo que quem inventou o vício foi o PT.

Um bom exemplo disso –> Auguso Nardes é ministro do TCU e ex-deputado pelo PP gaúcho de onde saíram boa parte das citações de Youssef na Lava Jato. Também há suspeitas de que seu sobrinho, talvez ele mesmo, estejam envolvidos no esquema de sonegação de impostos da RBS… O jornalista Juremir Machado deu as primeiras pistas e esta semana Carta Capital publicou uma matéria mas essa é uma notícia que dificilmente os delegados vão vazar ou saberemos a verdade pelo noticiário com o devido contexto.

Não é pouca coisa o fato de que o presidente da Câmara esteja citado e denunciado pelos ministérios públicos da Suiça e Brasil pelo depósito de 5 milhões de dólares (ou 2.5), tenha mentido numa CPI, enquanto um Ministro do TCU seja suspeito de receber dinheiro de empresas num caso de corrupção. Foram só eles?

Só há uma saída para Cunha e Augusto Nardes que é tocar fogo no circo e criar um fato maior do que os esquemas em que estão envolvidos. Blefam e receberam apoio de tucanos transformando toda a sociedade em refém. É uma turma só…

Num mar de hipocrisia e cobras, Dilma não tem outra opção que não seja garantir que as instituições funcionem, buscar a redefinição de sua base política(?) com a única moeda que lhe resta que é a mudança nos ministérios, e devolver ao parlamento a tarefa de resolver o embrulho político…

Nesse caminho Dilma cometeu erros mas teve uma sorte e uma sabedoria. A sorte foi nunca ter sido candidata a cargo eletivo antes da presidência e por isso não há sobras de campanha e nem sinais de enriquecimento pessoal. A sabedoria foi criar uma contabilidade exclusiva para sua candidatura independente do partido. É por isso que a ideia do impeachment na verdade é golpe, porque tecnicamente suas contas de campanha são mais limpas que qualquer outra. Por isso o desespero nos olhos do Advogado Geral da União ao perceber que no TCU o julgamento das contas de governo passou a ser político.

É a sociedade que precisa se mexer e decidir logo se o destino do Brasil será se transformar num país moderno que aprende com suas crises ou se vamos ser um imenso Paraguai patrimonialista estimulado pelo consumo. O problema é lidar com a hipocrisia como a do presidente da FIESP reclamando do aumento de impostos na televisão quando todos sabemos o papel das empresas tanto na sonegação fiscal quanto na corrupção de funcionários públicos e políticos no Brasil. Não seria o momento de apresentar uma verdadeira proposta de reforma? Apontar um caminho para um novo pacto? O mau marketing recomenda encher o pato ao invés de aproveitar a oportunidade.

É só porque no Brasil há muito patrimônio e riqueza acumulada que os liberais tupiniquins se dispões a pactos hipócritas e preferem brincar nos escombros junto com golpistas, sonegadores, racistas, antidemocráticos e evangélicos de meia pataca que querem derrubar um governo eleito. Uma vergonha…

Manter os privilégios da Casa Grande tocando fogo no circo vai queimar muita gente no Brasil.

 

 

 

 

 

Meu amigo de Harvard não entende o Brasil

Screen shot 2013-11-25 at 21.43.07

 

Como disse Bob Fernandes, o Mensalão não é uma farsa mas só se transformou no maior julgamento da história do país porque antes ninguém julgou o mensalão mineiro, a compra de votos para a aprovar a reeleição de FHC, a privataria tucana, os esquemas de corrupção no Metrô de São Paulo, a operação Satiagraha, os esquemas de Cachoeira com a Delta e Demóstenes, a quadrilha do ISS da prefeitura de São Paulo, os esquemas de Maluf e nem mesmo  a tortura e os assassinatos da ditadura entraram nessa conta… Não que não houvessem denúncias e evidências, e até mesmo alguns inquéritos sobre quantias financeiras e dimensões políticas infinitamente maiores do que as apontadas no Mensalão, mas a maioria dos casos não foi e muito provavelmentente jamais será julgada.

Só por isso o Mensalão se transformou no maior julgamento de nossa história republicana.

Na falta de provas concretas para apontar o responsável pelo que chamou de quadrilha o STF cravou o  inédito domínio do fato, e essa foi a senha para fazer o julgamento político de Genoíno e Dirceu causando estranheza até mesmo em juristas conservadores. Agora a senha é tratar Joaquim Barbosa de louco e destrambelhado e fica a dúvida se veremos tamanha fúria inquisitória em outros julgamentos daquela corte. Fazer o quê?

Nem é que talvez não houvessem crimes mas essa espécie de fogueira midiática e seletiva representou um avanço da justiça do Brasil?

É bom lembrar que NENHUMA mudança substancial para o financiamento de partidos foi proposta ao longo desse tempo e aqueles que ganharem nas próximas eleições seguirão tendo que compor a maioria nos parlamentos de alguma forma. Aqueles que perderem também terão que pagar a conta de sua derrota e adivinha como vão fazer isso? A culpa será do governo?

A hipocrisia é foda. A opinião é livre e esse é um valor universal mas vamos precisar de muito talento para limpar a área e estabelecer discussões políticas razoáveis em 2014…

Fica a eterna dica: não alimente os trolls e muito cuidado com o Lulu

 

Qual é a relação entre a direita e a nova revolta da vacina?

red
1. Essa direita brasileira é muito pifada! Na falta de alguém de talento dependem de Olavo de Carvalho, Lobão ou Reinaldo Azevedo para fazer macaquices e jogos de cena, enquanto a oposição não consegue formular UM único programa de governo… Nenhuma chamada pública!

Vivem de paranóias anticomunistas e xenófobas que já viraram uma espécie de entulho ideológico. Depois ficam bravinhos porque o povo vota em quem traz médicos, reduz a conta de luz, garante empregos, entrega casas e garantias sociais…
E a direita serve pra quê? A direita se limita a ser anti-esquerda, conspirar e destilar ódio e preconceito.

2. Pergunte a opinião de quem NÃO tem médico sobre o Mais Médicos.

Lembro de uma lição no ensino básico sobre a importância de Osvaldo Cruz e dos grandes médicos sanitaristas para o desenvolvimento do Brasil. Heróis que enfrentavam a ignorância e a saúva nacional, e que devem estar se revirando no caixão de tanta vergonha de nossos jovens doutores e seus pequenos líderes.
Jogaram no lixo a história de sua classe e se existisse uma régua para medir a História talvez isso seja bem pior do que a revolta da vacina. Uma vergonha para o País.